Banner

Quando a Voz de Deus Soa - Propagando o Reino de Deus

Parcerias



Palavra Diária - Blog Evangélico de estudos da palavra

quarta-feira, 5 de abril de 2017

"A Libertinagem Sexual Entre O Casal"

Graça e Paz da parte de Deus à todos!! Tenham uma boa leitura!! =)

Texto base: 

"A esposa não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas, sim, o marido. Da mesma maneira, o marido não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas, sim, a esposa." (1Co 7:4).

Eu respeito todo o líder cristão, mas não sou obrigada a concordar com tudo o que eles ensinam. Uma certa feita ouvi um pastor dizer: "Entre quatro paredes o casal pode fazer o que quiser!", será? Outro, em um de seus "Encontro para Casais", disse que o sexo oral é pecado, mas o anal, não. Para muitos cristão, é mais fácil acreditar no que o seu líder diz, do que na própria Palavra de Deus.
Os defensores da "Libertinagem Sexual", ou seja, o casal entre quatro paredes pode praticar todo o tipo de sexo, usam até textos bíblicos para sustentar suas concepções. Mas, a questão é: "O casal entre quatro paredes podem praticar todo o tipo de sexo?" Não!! Vale ressaltar que estamos falando do casal cristão. Vamos analisar as Escrituras Sagradas, partindo do texto base do nosso post:
  1. O contexto cultural e religiosos de Corinto - Paulo estava em Éfeso quando Estéfanas, Fortunato e Acaico foram ter com ele, e trouxeram-lhe relatos perturbadores sobre o procedimento imoral e pagão de alguns membros da igreja (cap. 5 e 6). Devido o contexto cultural e religioso de Corinto, a imoralidade sempre oprimiu os cristãos. O apostolo Paulo já havia orientado aos cristãos a não voltarem mais a praticarem os procedimentos imorais e impuros próprios daqueles que não temiam a Deus e que seguiam a deuses e líderes segundo suas próprias concupiscências (5. 9-11).
  2. Autoridade sobre o corpo do outro - Porque Paulo disse isso? A resposta está no versículo seguinte: " Não vos negueis um ao outro, exceto por mutuo consentimento, e apenas durante algum tempo, afim de vos consagrardes à oração. Logo em seguida, uni-vos novamente, para que Satanás não vos tente por causa da vossa falta de controle." (1Co 7:5). Deus criou a maioria dos homens e mulheres com uma disposição natural para o relacionamento sexual (libido). O casamento oferece aos cônjuges a correta motivação e o perfeito ambiente para a satisfação física e emocional do amor erótico. Uma abstenção temporária, com o consentimento de ambos, e é claro que tendo em vista uma finalidade proveitosa, e isso é compreensível e aceitável, como por exemplo a abstenção sexual para o jejum (lembrando que deve ser decido entre ambos), pois a vida conjugal não está limitada a sexo. Por exemplo: o sexo entre os cônjuges é indispensável, mas ambos não vive apenas de sexo, se o esposo quer consagrar-se em oração a Deus, com o jejum, terá que se abster-se da relação sexual, assim como a esposa, mas isso, ambos devem conversar. A sabedoria neste caso também é necessária. Quando um começa a se negar ao outro, abre uma brecha para que Satanás opere nesta ária.
  3. Imoralidade Sexual é Pecado - Segundo as Escrituras Sagradas, imoralidade sexual é toda a prática sexual fora do padrão estabelecido por Deus. Imoralidade sexual consiste em comportamento imoral no âmbito sexual, indicando um indivíduo que se entrega à - luxúria e lascívia. Luxúria significa prazeres carnais; comportamento desmedido em relação aos prazeres sexuais
  4. Sexo Oral e Anal, é pecado? - Sim, pois ambos os tipos estão fora do padrão estabelecido por Deus, e isso não sou eu quem diz, mas as Escrituras Sagradas. O sexo anal, além de ser uma prática sodomita é danoso à mulher, e tanto ele quanto o oral, representam a classe da imoralidade sexual. 
Concluo com um texto bíblico: "Fugi portanto da imoralidade sexual. Qualquer outro pecado que uma pessoa comete, fora do corpo, comete; todavia quem peca SEXUALMENTE, peca contra o seu próprio corpo. Ou ainda não entendeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não pertenceis a vós mesmos?" (1Co 6:18 e 19).

      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgar Blog

Divulgar Blogs

Compartilhe Com os Seus Amigos!!

Google+ Badge

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *