Banner

Quando a Voz de Deus Soa - Propagando o Reino de Deus

Parcerias



Palavra Diária - Blog Evangélico de estudos da palavra

sexta-feira, 13 de março de 2015

"Josias, Filho Bom de um rei Mau"

Graça e Paz da Parte do Eterno à todos!!

Bem vindos a mais um post... Que o Espírito Santo do Eterno, vos conceda uma boa reflexão!!

"Josias tinha oito anos quando começou a reina, e governou trinta e um anos em Jerusalém. Sua mãe se chamava, Jedida, filha de Adaías, de Bozcate. Ele praticou o que era reto e agradável aos olhos de YAWEH, o SENHOR e procurou agir em tudo de acordo com os princípios de Davi, seu antepassado, sem se desviar para direita nem para esquerda". (2Rs. 22:1-2 - Tradução BKJ Atualizada)

Faz bastante tempo que desejo falar a respeito do rei Josias, o qual para me, foi um grande exemplo de líder. Antes de entrarmos no texto de hoje, quero ressaltar que em um post e outro tenho focado muito a questão de liderança/líder devido as mudanças em nosso meio e ao surgimento de líderes auto denominados. Não tenho o hábito de fazer citações de denominações, mas busco, pelo poder da palavra de Deus, chamar a atenção de todos para a crítica/análise/questionamento, pois diferente de muitos que ministram a Palavra do  SENHOR, Jesus nos ensinou a buscarmos compreender as Escrituras e o poder de Deus (Mc. 12:24 - embora Ele estivesse falando a cerca da ressurreição dos mortos, podemos entender que seja sobre a ressurreição ou outro assunto, precisamos conhecer os Escritos Sagrados). O meu propósito neste blog é levar a Palavra do Eterno, ao mesmo tempo chamar a sua atenção para a verdade do Evangelho. Estude a Palavra. Busque aplicar a Palavra de Deus na sua vida e, não viva segundo a concepção de homens, mas sim, segundo a Palavra do Eterno e Poderoso Deus. Obs.: "Quando falo de concepção de homens, falo de normas e regras que não tem fundamento bíblico, pois se busco viver obedientemente a normas e regras sem eu buscar saber onde estão de fato fundamentadas - SE TEM FUNDAMENTO BÍBLICO -, estou sendo LEGALISTA".

Hoje, vamos meditar um pouco sobre a criação/educação de Josias. Para isso, vamos voltar um pouco no tempo. Josias foi filho de Amom, filho de Manassés, filho de Ezequias. Da genealogia de Josias, vamos falar em poucas palavras, de Amom, Manassés e Ezequias. 


  • Rei Ezequias - Começou a reinas aos 25 anos e governou 29 anos em Jerusalém. Foi ele quem tirou os altares idólatras das colinas. Despedaçou a serpente de bronze que Moisés havia construído, pois até aquele tempo os israelitas lhe prestavam veneração queimando incenso. Era conhecida como Neustã. (2Rs. 18: 2-4). Um dos seus atos muito lembrado pelos cristão são: a vitória sobre os assírio - Deus enviou um anjo e este destruiu 185 mil gerreiros (2Rs. 19:35) e o seu clamor ao SENHOR após receber a profecia sobre sua morte (2Rs. 20: 1-11). 


  • Rei Manassés - Iniciou seu governo aos doze anos de idade, e governou cinquenta e cinco anos em Jerusalém. Diferente do seu Ezequias, Manassés fez o que era mau perante o SENHOR. Um dos atos foi seguir a prática abominável das nações pagãs, pois voltou a edificar os altares das colinas cujo o seu pai Ezequias havia derrubado; ergueu altares à Baal, entre muitos outros. (2Rs. 21: 1-16).


  • Rei Amom - Com vinte e dois anos de idade começou a reinar em Jerusalém. Ele imitou o mau procedimento do seu pai Manassés e também adorou e serviu os ídolos que seu pai cultuava. (2R. 21: 19-26).

Rei Josias - Sua infância - Até os seus oito anos, podemos assim perceber, não foi de bons exemplos. O rei Amom seguiu o mau caminho de seu pai Manassés, e Josias, estava diante de um pai que como líder deixou muito à desejar. Um mau legado. Não sabemos sobre Amom como pai, esposo, mas como líder fez TUDO ERRADO. Será que o rei Amom pensava no legado que deixaria para o seu filho? Um legado de idolatria e abandono ao SENHOR.
Josias viu tudo! Ele viu o governo pecaminoso de seu pai. Os pais tem uma participação especial na formação do caráter da criança. Josias estava diante de uma educação, principalmente religiosa, errada. Toda a nação israelita sabia - NÃO TEREIS OUTROS DEUSES. Tiveram! Tanto o Reino do Norte quanto o do Sul seguiram por esse caminho, porém, o reino do Sul, teve alguns reis que buscaram em seu reinado conduzir o povo segundo a vontade do Eterno.

O Seu Reinado - Josias

Embora ele tenha tido um pai cujo exemplo não foi um dos melhores, Josias praticou o que era reto perante o SENHOR. Ele busca Reformar o Templo. Diferente de seu pai, ele buscou trazer de volta o Culto a Deus. A última reforma do Templo tinha sido feita no ano 813 a.C., no reinado de Joás (2Rs 12: 6-12). Agora, Josias busca o que Manassés e Amom não fizeram, reformar o Templo. No seu décimo oitavo ano de reinado, ele manda Safã, o escrivão ir à Casa do SENHOR mediante a seguinte ordem: pegar o dinheiro, conferir e entregar nas mãos dos homens que estavam responsáveis pela supervisão da reforma do Templo. Safã ao chegar no Templo se depara com o sacerdote Hilquias, e o mesmo havia encontrado o Livro da Torá, a Lei, na Casa do SENHOR, o Eterno e o entrega em suas mãos. Chegando diante do rei Josias, Safã lhe diz que os servos haviam contado todo o dinheiro e que já tinham conferido aos supervisores da obra. Ainda diante do rei, Safã relata sobre "o grande acontecimento do dia" - fala minha =).: "O sacerdote Hilquias me entregou um livro". E o leu na presença do rei. Ao ouvir a leitura do Livro, o rei RASGOU AS SUAS VESTES. No mesmo instante dá a seguinte ordem ao sacerdote Hilquias, Aicão, Acbor e a Safã, o escrivão: "Ide, e consultai o Senhor por mim, pelo povo e por todo o Judá, acerca das palavras deste livro que se achou; porque grande é o furor do Senhor, que se acendeu contra nós; porquanto nossos pais não deram ouvidos às palavras deste livro, para fazerem conforme tudo quanto acerca de nós está escrito". (2 Reis 22:13). 

Comentário - 1. Quando Josias nasceu, foi num período em que o povo, sob o governo de seu avô Manassés e seu pai, haviam abandonado a Lai - a Torá. A última reforma foi em 813 a.C., no reinado de Joás. O seu bisavô Ezequias, morreu 65 anos antes da reforma implementada por Josias, logo podemos entender que o rei Josias não tinha noção da Torá; 2. Ele percebe que os atos cometidos pelos seus pais - "nossos pais - ele fala no geral"-, haviam acendido a ira de Deus - leia Dt. 6:14-15); 3. Ele busca a voz do SENHOR.

 Hulda, a profetiza declara:

Ao ouvirem o rei, o sacerdote Hilquias, Aicão, Acbor e a Safã, o escrivão, vão consultar a profetiza Hulda, que morava nesse tempo na parte baixa de Jerusalém. A palavra: "Assim diz o SENHOR: Eu trarei castigo sobre este lugar e seus moradores, de acordo com todas as palavras do Livro que o rei de Judá leu!" (22:15). A ira de Deus estava por vir. Porém, O SENHOR, se agradou da ATITUDE do rei, pois ao ouvir o que havia escrito, o seu coração se moveu e ele se humilhou na presença do SENHOR rasgando as suas vestes e pranteando o seu arrependimento diante do Eterno, o SENHOR o ouviu. Por essa atitude do rei, o Eterno lhe promete que não iria trazer o castigo sobre Judá enquanto ele estivesse vivo.

Comentário - A atitude o rei não fez com que o Eterno não castigasse a nação, mas "retardou" a sua ira, podemos assim dizer. O coração do rei estava no SENHOR, mas não o de todos. Outros viriam, será que agiriam como o rei Josias? Não. Deus conhece o nosso coração, e sabe quando o nosso arrependimento é de coração ou não.


Josias renova a aliança:

Ele vai ao Templo do SENHOR, junto com todos os homens de Judá, moradores de Jerusalém, os sacerdote, profetas e todo o povo, dos mais jovens e simples aos mais idosos e influentes da cidade, e celebra uma nova aliança com o SENHOR. E da mesma forma todo o povo firmou compromisso com essa ALIANÇA.

Comentário - O rei não estava sozinho nessa. Todos firmaram num nova aliança com o Eterno. Podemos ver a influência que um líder pode exercer sobre seus liderados. Em toda liderança sempre tem alguns que pode até não concordar, mas se foi Deus quem levantou não importa os oponentes, o líder será vencedor. Vemos reis levar muitos ao caminho errado, mas também vemos reis levar muitos ao caminho certo. Josias não tinha experiência religiosa, mas tinha uma "equipe" que lhe deu um suporte forte. Você que é líder, tenha cuidado com sua equipe. Não escolha com quem você vai conduzir a obra, deixe DEUS ESCOLHER, Ele sabe as pessoas certas. É difícil falar desta nova geração de líderes, pois vemos muitos levarem a obra de Deus de todo jeito. Em alguns ministérios, vemos uma libertinagem extrema. Está faltando a Palavra. Muitos não pregam mais a SANTIDADE, o AMOR, a MISERICÓRDIA, entre muitas coisas que o Eterno quer de nós. Hoje é muito "fácil ser cristão", pois tem "igrejas" pra tudo que é gosto. Mas, creio, que ainda haverá uma reforma no nosso meio. Deus há de levantar reis/pastores/líderes que como Josias vai remover, pelo Poder da Palavra do Eterno, o profano que está no santuário de Deus - a Igreja.

A Reforma Religiosa:

"Essa vai doer"(Fala minha)

O rei Josias aproveita a oportunidade e ordena ao sacerdote Hilquias e os guardas da entrada retirassem da Casa do SENHOR todos os objetos que tinham sido feitos em adoração e homenagem aos deuses, e os queimou fora de Jerusalém. Destruiu todos os falsos sacerdotes que foram nomeados pelos próprios reis de Judá para queimarem incenso sagrado sobre os altares idólatras. Também, destruiu os aposentos dos prostitutos religiosos, conhecidos como sodomitas, e que ficavam nas dependências do Templo do SENHOR, local onde as mulheres ficavam tecendo as roupas usadas nos cultos à deusa Aserá. ( Leiam 2Rs. 23: 4-14).

Comentário 

A situação que o rei se deparava não era fácil. Ele desfez de obras de anos. Vamos fazer um paralelo entre o que a situação que rei estava enfrentado naquele momento e os nossos dias: a idolatria é bem notável em nosso meio. Embora muitos não queiram reconhecer, a idolatria cresce no meio evangélico.
Líderes que vêem a Casa do SENHOR sendo profanada e não fazem nada. Não querem ser vistos como "radicais", é assim que é chamado todo aquele que luta pela santidade na Casa de Deus. É chamado de radical, todo aquele que luta pela verdade do Evangelho, pois muitos tem pregado um fácil evangelho, onde "Deus não está preocupado com o exterior", se fosse assim, Deus não nos havia feito à sua imagem e semelhança. São líderes como o rei Josias que o SENHOR chama para a sua Obra. Líderes que não se preocupam se serão aceitos, se serão aplaudidos pelas multidões, se receberão louvores dos homens, pois o VERDADEIRO OBJETIVO É TRAZER DE VOLTA A VERDADEIRA ESSÊNCIA DO CULTO A DEUS. Líderes que não pensam duas vezes, QUEBRAM ALTARES, que REMOVEM ÍDOLOS que entram na Casa de Deus e seduzem o povo do SENHOR. Sim, líderes como Josias, que em todo o seu reinado honrou a Deus e levou o povo para perto do SENHOR. 

Deus te abençoe!! É líder? Então reveja sua liderança, se estiver fora do padrão de Deus, entre agora, e Deixe Deus te usar!!  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgar Blog

Divulgar Blogs

Compartilhe Com os Seus Amigos!!

Google+ Badge

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *