Banner

Quando a Voz de Deus Soa - Propagando o Reino de Deus

Parcerias



Palavra Diária - Blog Evangélico de estudos da palavra

domingo, 6 de dezembro de 2015

"Sujeitos a tempos difíceis"

Graça e Paz da parte do nosso SENHOR Jesus, o Cristo, à todos! Texto de hoje:

"Percebi ainda outra coisa debaixo do sol: Os velozes nem sempre vencem a corrida; os fortes nem sempre triunfam na guerra; os sábios nem sempre têm comida; os prudentes nem sempre são ricos; os instruídos nem sempre têm prestígio; pois o tempo e o acaso afetam a todos. Além do mais, ninguém sabe quando virá a sua hora: Assim como os peixes são apanhados numa rede fatal e os pássaros são pegos num laço, também os homens são enredados pelos tempos de desgraça que caem inesperadamente sobre eles." (Eclesiastes 9:11,12)

Sem enrolação: estamos sujeitos a sofrer! Embora haja muitos que preguem a cerca de que " o cristão não pode sofrer", se esquecem, ou fingem; que o próprio Jesus, nos orientou que "(...) Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo."(Jo. 16:33 - NVI).
No texto de hoje, vemos a conclusão do sábio Salomão a cerca daqueles que tem "capacidades próprias" de conquistar, mas que em algum momento da vida, podem perder. Ele aponta cinco classes de pessoas, são elas: velozes, fortes, sábios, prudentes e os instruídos. Ainda que, sejamos dotados destas capacidades, temos que entender que, NEM SEMPRE ALCANÇAMOS O QUE QUEREMOS. Ao mesmo tempo, o sábio faz uma comparação dessas classes citadas, com os peixes e pássaros. Os peixes são apanhados, em algum momento, por uma rede, que para eles é fatal, e os pássaros, são pegos por um laço preparado pelos homens. Logo, assim como, os peixes são pegos pela rede e os pássaros pelo laço, nós, humanos, somos pegos pelas tribulações desta vida. Então, quando pensamos assim, estamos prontos para vencermos. O fato de sermos cristãos, não nos isenta de provações, privações, perseguições, pois tudo isso faz parte da vida.


Que Deus, em Seu Filho Jesus, vos abençoe sempre!!
=)  

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

"De Repente Veio do Céu Um Som"

A paz do Eterno à todos!!

"De repente veio do céu um som, como de um vento muito forte, e encheu toda a casa na qual estavam assentados." (At. 2:2).


Hum... Vamos lá!!

Se um "pentecostal" ler este artigo vai dizer: ela é uma incrédula... Uma terra seca... Mas a minha alegria é que fico com o conhecimento de Deus, do que com os "ensinamentos pentecostais" dos homens. Para muitos cristãos, o poder de Deus é visto apenas por um ângulo só, se houver MOVIMENTOS Deus está trabalhando, quando não, Deus não está trabalhando. Se tiver pulos, rodopios, corre corre, senta e levanta, cai cai... Eita Deus tremendo!! Isso é que é Deus, pensam muitos. Na maioria das vezes, se enganam. A nossa carne não suporta o poder de Deus, mas eu tenho o controle do meu corpo. O que tem acontecido muito, mas muito mesmo, é o seguinte: "deixa o menino rodar", que edificação esta pessoa está tendo? Se eu for mais a fundo neste assunto, vamos ver: se Paulo, o apóstolo, presenciasse as novas doutrinas pentecostais da igreja do século XXI (não são todos os ministérios que defendem estas doutrinas), o que ele diria? Não falaria a mesma coisa que falou à igreja em Corinto (1Co.14:1-40). Resumindo: o que houve em Corinto foi uma grande confusão, já que por falta de SABEDORIA, o culto era realizado de todo jeito. A palavra de Deus tem sido tratada por alguns como não necessária, já que muitos pensam que é o gritar que vai avivar, alegrar o coração das pessoas, mas uma vez se enganam, pois é a palavra de Deus que trás o Verdadeiro Avivamento. Deus age como quer! Mas Ele não vai de contra a Sua Palavra. Muitos estão DESPREZANDO A PALAVRA DE DEUS, pois se firmam em novas doutrinas, e isso é um perigo. Os discípulos estavam reunidos num mesmo lugar, quando veio do céu UM SOM, não foi um VENTO como muitos dizem. O que acontece, com muita frequência hoje, é que muitos sons vindo dos homens, da terra, e isto tem causado muita confusão e esfriamento da fé. É do Alto, é do Céu que vem o VERDADEIRO AVIVAMENTO, este avivamento promove mudanças. Vemos pessoas caindo, rodando, correndo, pulando, gritando, alguns por falta de conhecimento, outros levados por influência maligna. Muitas vezes são pessoas possessas pelo mau, e algumas que estão à volta louvando a "Deus", crentes que é Ele que está atuando. Precisamos estudar, analisar a Palavra do SENHOR, pois é nela que encontramos o caminho certo, o verdadeiro AVIVAMENTO.


Que o SENHOR, em Seu Filho Jesus, continue nos abençoando!!
Tenhamos cuidado com certos movimentos,
pois nem todo muindo que cai, cai com o poder de Deus.
Vigiemos sempre!!
Um abraço à todos!!

"Atitudes que Provocam Milagres" Cavando Covas no Vale!

Graça e Paz à todos!!

"e ele disse: Assim diz o SENHOR: Cavem muitas cisternas neste vale. Pois assim diz o SENHOR: Vocês não verão vento nem chuva, contudo este vale ficará cheio de água, e vocês, seus rebanhos e seus outros animais beberão." (2Rs.3:16-17).

Três reis unidos num só propósito, o rei de Israel, de Judá e de Edom - destruir o rei de Moabe. Não imaginavam que haveria um imprevisto - a água acabaria. E agora, o que fazer? Voltar? Não se pode esperar esta atitude de um líder que busca a vitória para o seu povo. O rei de Israel indaga: será que o SENHOR nos ajuntou para nos entregar nas mãos de Moabe? Não! Para glória de Deus, havia no meio deles um profeta - Eliseu. Diante desta situação, só o SENHOR para realizar um Milagre. A caminhada já durava sete dias, e sem água como continuariam a jornada? Trouxeram-lhes o profeta. Ele tinha a Palavra do SENHOR. Ver profeta em guerra não era algo comum, mas nesse dia, havia um. Deus falou: "cavem muitas cisternas neste vale", esta foi a orientação. Em pleno deserto, sol castigante, sem vento e chuva, de onde viria água? Bom, para quem quer viver "o Milagre", questionar não é o melhor caminho. Ao ouvirem a Palavra do SENHOR, começaram a cavar. Vamos atentar para alguns detalhes:

1. A orientação não foi para cavarem "uma cova", mas sim, MUITAS covas/cisternas;
2. Sem vento e chuva, de onde viria água? 
3. Estariam eles munidos de instrumentos para escavação? Ou apenas os seus instrumentos de guerra?
4. Deus estava provendo água não apenas para os soldados, os reis, mas também para os animais.

1. O pensamento do Eterno é muito além do nosso. Quem sabe se partisse deles de cavarem as cisternas, cavariam poucas. Neste vale, o SENHOR não proverá o pouco, mais o necessário;
2. Há vários fatores para que haja água, um deles é a chuva. Mas como haveria chuva se não havia ventos para trazer as nuvens? Bom, só sei que sem estes fatores as covas estavam cheias de água. Isso é coisa pra Deus. Não importa por onde venha, mas o que importa é que o Santo e Poderoso Deus, realizará o Milagre que você precisa. Creia!
3. Obviamente não, mas os instrumentos que possuíam serviram para provocar o Milagre. As vezes pensamos que para Deus fazer é preciso muita coisa, mas não. Quando o SENHOR quer fazer Ele usa também coisas simples, como o que temos em mãos. Você pode até não ter prata e ouro, mas você tem a Fé, use-a. Cave neste vale MUITAS COVAS, haverá água neste deserto, em nome de Jesus.
4. Neste vale o Milagre que Deus vai fazer não vai servir apenas para você, mas todos que estão à sua volta serão beneficiados, até quem não tem parte com Deus vais ser beneficiado a través da tua vida.


Que o SENHOR, em Jesus o seu Filho, vos abençoe em tudo!!
Tome posse desta mensagem, e tenha 
ATITUDES QUE PROVOCAM MILAGRES.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

"Atitudes que Provocam Milagres"

Graça e Paz da parte do nosso Senhor e Salvador Jesus, à todos os leitores!!

Quero fazer um breve comentário: ao escrever este post, sinto uma imensa alegria em meu coração, pois tinha acabado de escrever outro, mas não poderia deixar de escrever este. Sinto a cada post a Mão do SENHOR em minha vida, pois meu objetivo é poder Levar a Sua preciosa e inerrante palavra ao teu coração, meu caro leitor. 

Bom, vamos ao assunto... =)

Quando falamos de milagres, vem sempre à memória, a travessia de Israel pelo mar vermelho, enfatizo ainda, a PÉS ENXUTO. Milagre este que é mencionado até pelos não cristãos, nos dias de hoje. Podemos citar também a mulher do fluxo de sangue; Lázaro, pois tornou à vida; a viúva que teve o seu azeite multiplicado; entre muitos outros. Em todos os milagres, havia algo em comum, a ATITUDE, seja de quem recebeu o milagre, quanto de alguém próximo. Nestes casos citados acima, vemos: 
  1. Israel - para Israel atravessar o mar vermelho, foi preciso alguns fatores, como a fé - vemos Moisés passando ao povo a mensagem de Deus - ISRAEL, MARCHEM AVANTE (Êx.14:15), se o povo não tivesse Fé no que Deus lhes havia ordenado, teriam vivido o milagre? Não! Pela fé, eles passaram a pés enxutos.
  2. A mulher do fluxo de sangue - para ela viver o milagre, além da fé, ele teve CORAGEM, pois haviam vários fatores que a impossibilitava de tocar em Jesus, um dos fatores, a Lei, por ela, esta mulher estava Impura (Lv. 15:25), então, tudo o que ela tocasse, se tornaria impuro. Não atentando às impossibilidades, esta mulher, com muita fé e CORAGEM, rompeu a multidão e tocou em Jesus, que olhando para ela, lhe respondeu: Vai em paz, a tua fé te salvou (Lc.8:43-48). E, a mulher, retornou para o ceio da sua família.
  3. Lázaro - neste caso, vemos a atitude de suas irmãs, pois quando Jesus chegou, foram ao seu encontro e disseram que se Ele estivesse chegado antes (na ótica humana - a tempo), Lázaro não tinha morrido. No tocante às palavras das irmãs, o Mestre revela o seu propósito de estar ali - ressuscitar/trazer de volta a vida, o seu irmão. Embora cressem no Filho de Deus, por um momento, Marta oscilou na Fé, já que o Mestre havia lhe dito que se ela cresse veria a glória de Deus. Bom... Lázaro tornou à vida. Marta e Maria viram a Glória de Deus na vida do seu irmão (Jo. 11:1-44). Obs. Dúvida não é atitude para provocar milagres, creia em Deus, e você verá a glória dEle, pense nisto.
  4. A viúva da multiplicação do azeite - não tendo a quem recorrer, pois não havia mais recurso, ela vai ao homem de Deus e CLAMA - o ato de clamar ao homem de Deus, demonstra atitude, pois ela não se entregou à situação, e foi em busca de uma resposta. Neste caso, vemos uma atitude que muitos não percebem nesta mulher - OBEDIÊNCIA, pois se ela não tivesse seguido, na integra, toda a orientação que Eliseu havia lhe dado, ela tinha vivido o milagre. Ela obedeceu à risca tudo, sem deixar de fazer nada, o que o profeta lhe orientou. Não teve nada "espalhafatoso", como muitos tem feito para alcançar milagres, apenas pegou vasos emprestados com suas vizinhas, entrou na sua casa, fechou a porta sobre si e seus filhos, e começou a viver o milagre. Pronto! Simples assim. Tem muita gente inventando um monte de coisas para PROVOCAR MILAGRES, mas é através das coisas mais simples que PROVOCAMOS O MILAGRE. 

Meus amigos leitores, Atitudes que Provocam Milagres, está relacionado a um Fator Principal (entre muitos outros): OBEDIÊNCIA À PALAVRA DE DEUS. Se não tivermos está consciência, nunca poderemos viver os milagres de Deus. Então, antes de termos qualquer atitude, precisamos analisar a nossa vida, para assim ousarmos.   

"Guardando a Herança"

Graça e Paz da parte de Deus à todos!!

Texto para Reflexão do dia... 

"Nabote, contudo, respondeu: "O SENHOR me livre de dar a ti a herança dos meus pais! " (1Rs. 21:3).

Acabe percebe que ao pé do seu muro havia uma vinha e, para ele tê-la, seria necessário falar com o proprietário. Nabote, me dá a tua vinha para que me servir de horta, pois está ao pé do meu muro, disse Acabe. Posso pagar o seu valor, ou até mesmo podemos fazer um troca em outra MELHOR, prosseguiu o rei. Acreditando na sua "autoridade", na posição que exercia diante de todos, esperava que a resposta seria do seu agrado, mas se enganou. "Nabote, contudo, respondeu: "O SENHOR me livre de dar a ti a herança dos meus pais!" Não havia nada que o rei pudesse fazer ou dizer para o convencer do contrário. Nabote estava decidido - NÃO ABRIR MÃO DA HERANÇA QUE OS SEUS PAIS HAVIAM LHE DEIXADO. Esta atitude lhe custou a própria vida.

Para alguns, a atitude de Nabote foi desnecessária, já que ele iria receber o mesmo valor, ou até outra melhor. Entretanto, para Nabote, não havia valor ou até, outra melhor, já que era algo deixado por seus pai. Trazendo para a nossa vida, muitos tem abrido mão da herança que o SENHOR lhes tem dado. Quantos que por uma oferta, aparentemente melhor, tem abrido mão de sua INTEGRIDADE para com Deus. Há aqueles que tem vendido o seu ministério, trocado a vida de comunhão com Deus, para viverem segundo a vontade dos homens. O maligno sempre busca de alguma forma tirar de nós tudo aquilo que o SENHOR nos deu, seja refente a nossa vida aqui na terra, como também referente ao Reino de Deus. Jesus morreu e nos deixou uma herança, o seu Reino, porém há muitos que tem trocado essa Herança por coisas sem valor algum, e nada se compara à Herança que, o SENHOR JESUS nos deixou. Não importa se custe a tua vida, o teu emprego, uma amizade, uma oportunidade aparentemente melhor, NÃO ABRA MÃO DA HERANÇA QUE DEUS TE DEU. Ainda que rejeitem você, não venda e nem troque o que Deus te entregou. A tua família não tem preço; teu casamento não tem preço; teu ministério não tem preço. Prossiga a caminhada GUARDANDO A HERANÇA que você recebeu. Em nome de Jesus.


Que o SENHOR, em Cristo Jesus, vos
continue abençoando...
Amem!!

Na Graça do Pai... 



"Por que esperar em Deus?"

Graça e Paz da parte de Deus à todos... =)

Vamos refletir...

"Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxílio e Deus meu." (Sl. 42:5) 

Sem rodeios... é difícil esperar em Deus. Quando "fingimos" que as coisas estão bem não vivemos de fato a vontade do SENHOR. Você pode dizer que estou equivocada, mas sei do que estou falando. Fingir que as coisas estão bem não vai trazer soluções, antes, acarretará em mais dores e angustias. No versículo de hoje, vemos um diálogo interessante entre a Emoção e a Razão. Quando deixamos a nossa emoção falar mais alto, as vezes, perdemos a direção da situação, por isso, podemos até agir de forma precipitada. Entretanto, quando a razão entra em ação, conseguimos fazer a coisa certa, assim obtemos ótimos resultados. Neste diálogo vemos a razão falando para a emoção: ESPERA EM DEUS. Este é um daqueles momentos onde você para e começa a conversar consigo mesmo. Se você se encontra nesta mesma situação, abatido, não se desespere, antes espere no SENHOR o teu Deus, pois é Ele a Razão de tua existência. Esperar em Deus não significa que você se conforma com esta situação, apenas é uma prova de que você CRER no Seu agir, e tem certeza de que no momento certo o Louvarás. Pode se abrir, conte pra Ele a tua dor, fale o que te tem causado tanto sofrimento, embora Ele o saiba, quer te ouvir. Não precisa vir com aquela oração do "tudo está bem", pois não está. Derrame aos pés do Altíssimo as tuas palavras, não precisa fingir para o teu Deus, seja SINCERO, tanto com Deus, quanto com você. E nesta perseverante oração, prossiga confiantemente ESPERANDO NO SENHOR, porque ainda o louvarás.

Que o SENHOR, em Seu Filho Jesus,
vos abençoe nesta jornada!!

Na Graça do Pai...
Miss. Cristiane X. Correia
    

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

"O SENHOR ESTÁ POR PERTO"

Graça e Paz da parte de Deus, o nosso SENHOR, à todos!!

"O Senhor está perto de todos os que o invocam, de todos os que o invocam com sinceridade.Salmos 145:18

Quando oramos, conversamos com Deus. É como se estivéssemos conversando com um amigo muito próximo. Em outras palavras, orar significa falar com Deus. No entanto, INVOCAR, segundo o nosso dicionário, significa: "Chamar em seu auxílio com uma prece, uma súplica". Analisando o texto de hoje, podemos perceber que todo aquele que "invoca" a Deus, que buscam com súplica o seu auxílio, o faça com SINCERIDADE, com todo o coração. Todo aquele que, com sinceridade, invoca o SENHOR, tem a presença do Eterno por perto. Quando foleamos as Escrituras Sagradas, com temor e tremor, vemos exemplos de servos que tinham perto de si, o SENHOR. O salmista Davi, no Sl 40:1, diz: "Coloquei toda minha esperança no Senhor; ele se inclinou para mim e ouviu o meu grito de socorro". Não basta apenas clamar/gritar/invocar, é necessário que primeiro CONFIEMOS TOTALMENTE no SENHOR, aí sim, o socorro de Deus chega, e Ele estará por perto. 
Neste momento, quem sabe você está lendo este post dizendo consigo mesmo: "Como posso ter certeza de que o SENHOR ouviu o meu clamor e está pertinho de mim?", bom, é só você olhar ao seu redor; olhe bem para toda está situação que você está passando, está de pé? Este é o sinal de que o SENHOR ouviu o teu clamor e está por perto de você. Ou você acha que sobreviveu a tantas dificuldades, lutas, porque você é bom? Não! Se estás de pé, é porque Ele, o dono da tua vida, o mesmo que criou todas as coisas pelo seu poder, está no controle de tudo. Está difícil? Se alegre! Você não está só, Deus está contigo.


Que o SENHOR, em Cristo Jesus, o seu Filho, vos abençoe sempre!! Amem!!

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

"Vivendo o Milagre de Deus em Tempos de Crise"

Graça e Paz à todos!!

"Ela foi e fez conforme Elias lhe dissera. E aconteceu que a comida durou todos os dias para Elias e para a mulher e sua família." (1 Reis 17:15

Viver os milagres de Deus, ainda mais no tempo de crise, para alguns, é algo impossível. Entretanto, a bíblia nos afirma que não existe nada impossível ao SENHOR (Lc. 1:37). Quando Ele quer, as coisas acontecem, ainda que as circunstâncias nos digam o contrário. Mas, o que de fato nos levaria a "Ver a Glória de Deus"? A Fé! Quando dividamos, não vemos a glória de Deus em nossa vida.

No texto de hoje, refletiremos a cerca de uma mulher, que embora pertencesse a um povo pagão, ela foi um "instrumento" nas mãos de Deus para alimentar o profeta Elias, e pode viver o milagre de Deus. Sabemos que o SENHOR está no controle de tudo, e que nada acontece sem Ele permitir. Após o ribeiro de Querite se secar, o Eterno dar ordem ao profeta, que este fosse à Sarepta, pois lá já havia ordenado que uma viúva, o sustentasse. Chegando na porta da cidade, ele avista uma mulher que apanhava alguns gravetos, pois se preparava para preparar uma refeição para ela e seu filho. No entanto, aquela era a última refeição da família, mas a mulher, não tinha noção de que a sua vida, e da sua família, estava para mudar. Deus fez o encontro. Elias chega no mesmo momento em que a mulher estava ali. Tem quem diga que foi coisa do acaso, eu aprendo, e creio assim, que foi OBRA DE DEUS. O diálogo começa. Elias pede água e, com muita disposição, ela foi buscar. Ainda quando ia, estando de costa para o profeta, ele pede pão. Pronto! Ela se volta para o homem de Deus, e lhe diz: "Juro pelo nome do Senhor, o teu Deus", ela respondeu, "não tenho nenhum pedaço de pão; só um punhado de farinha num jarro e um pouco de azeite numa botija. Estou colhendo uns dois gravetos para levar para casa e preparar uma refeição para mim e para o meu filho, para que a comamos e depois morramos. "(1 Reis 17:12). Não foi fácil falar isso, mas entenda como um desabafo. Ela expõe a sua necessidade; o seu problema; a sua dor. Era a última refeição. Tinha apenas o suficiente para ela e seu filho, mas quando o homem de Deus, diz que a farinha da panela e o azeite da botija, não iria faltar até haver chuva sobre a terra, ela creu, e fez conforme o que ele dissera. O Milagre aconteceu!! O que seria a última refeição, foi uma das muitas que viria. O azeite, não acabou. A farinha, também, pois o SENHOR, estava com eles.


"Enquanto não houver chuva, vai ter provisão de Deus... Entretanto, é necessário CRER."

QUE O SENHOR, EM CRISTO JESUS, VOS ABENÇOE EM TUDO!!

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

A "UniãOração" da Igreja!!

A paz do SENHOR à todos!!
Reflexão de hoje - A UniãOração da Igreja.

"Depois de orarem, tremeu o lugar em que estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e anunciavam corajosamente a palavra de Deus." (At. 4:31 - NVI)

Falar da igreja primitiva trás muita alegria, pois podemos aprender inúmeras lições de fé, coragem e serviço. Num tempo de muita perseguição, os cristãos buscavam estar unidos em oração. Pedro e João, após serem soltos, contam aos irmãos, as palavras dos principais dos sacerdotes e dos anciãos. Diante do que ouviram, não se reuniram para protestar, ou fazer alguma manifestação exigindo serem aceitos, mas UNIDOS, todos, clamaram a Deus. Ao terminarem de orar, tremeu o lugar onde estavam reunidos, e todos foram cheios do Espírito Santo. 

É isso o que Deus quer de nós, UNIÃO E ORAÇÃO. Embora estejamos num contexto diferente, se crermos, em nome de Jesus, podemos reviver as experiências que marcaram o inicio da igreja do SENHOR. Podemos viver a manifestação do poder de Deus sem limites. Independente do mundo nos perseguir, podemos, em nome de Jesus, avançar contra as portas do infernos, revestidos com toda a armadura de Deus, estaremos firmes, assim poderemos lutar contra principados e potestades, contra as hostes espirituais do mal. 

Que o SENHOR nos ajude!!

sábado, 29 de agosto de 2015

"Ao Líder da igreja em Sardes"

Graça e Paz da parte de Deus à todos!!

Vendo a imagem ao lado, o que você vê? Vejamos o que diz Aquele que tem os sete espíritos de Deus e as sete estrelas: " (...). Conheço as suas obras; você tem fama de estar vivo, mas está morto. Esteja atento! Fortaleça o que resta e que estava para morrer, pois não achei suas obras perfeitas aos olhos do meu Deus. No entanto, você tem aí em Sardes uns poucos que não contaminaram as suas vestes. Eles andarão comigo, vestidos de branco, pois são dignosApocalipse 3:1,2 e 4
Podemos perceber que, haviam dois grupos, 'os que estava para morrer, pois estavam fracos - ISSO É ESPIRITUALMENTE, por falta do VERDADEIRO ensino da Palavra de Deus'; o outro, os que NÃO haviam contaminado as suas vestes, os quais eram poucos. Olhando para o contexto de Sardes, o que podemos dizer, da igreja do seculo XXI? Olhamos para muitos líderes, e vemos se repetir o mesmo de Sardes, o líder, o anjo da igreja, o pastor, que não alimenta a igreja do SENHOR. Que joga pastos secos a partir dos púlpitos. Aparentemente estão vivos, mas na verdade, estão mortos. Haviam na igreja, em Sardes, muitos fracos, pois não eram alimentados, pela palavra de Deus. Vem a ordem: "Fortaleça o que resta", foi isso o que disse o Jesus. Hoje, não é diferente, porém é MUITO PIOR, pois muitos líderes tem causado VERGONHA ao verdadeiro significado do evangelho do SENHOR JESUS. Líderes FRACOTES, semelhantes a Acabe, que se rende às vontades de Jezabel, buscam inovar o culto ao SENHOR trazendo imundícias, erguendo altares para si e para outros, trazendo danças sensuais, entre tantas outras coisas. Pastores que já não tem UNÇÃO de Deus, nunca foram chamados, ou se quer determinados por Deus, abrem as portas da "casa do SENHOR" para que entre as trevas e dominem o ambiente. Deus conhece as nossas obras. Aqui tem jeitinho pra tudo, mas para entrar no Reino de Deus, TEM QUE SER COMO ELE QUER.

"Lembre-se, portanto, do que você recebeu e ouviu; obedeça e arrependa-se. Mas se você não estiver atento, virei como um ladrão e você não saberá a que hora virei contra você. No entanto, você tem aí em Sardes uns poucos que não contaminaram as suas vestes. Eles andarão comigo, vestidos de branco, pois são dignos. O vencedor será igualmente vestido de branco. Jamais apagarei o seu nome do livro da vida, mas o reconhecerei diante do meu Pai e dos seus anjos. Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas.Apocalipse 3:3-6.
  



"E isso, quando não Perdoamos..."

Graça e Paz da parte de Deus à todos!!

Em poucas palavras...

Quando não perdoamos, não temos paz na alma. As benção são retidas, pois a raiz da amargura, do ódio, se aprofunda cada vez na terra do nosso coração. Desta forma, é IMPOSSÍVEL termos o perdão do Pai celeste, sendo assim, os nossos pecados, se acumulam de tal forma, que não conseguimos ver a Luz do Amor de Deus. Por fim, por não perdoarmos aos homens, as suas ofensas, e o Pai NÃO perdoando as nossas, ficamos fora do seu Reino. Vejamos agora, o que nos ensina o Mestre: "Porque, SE perdoardes aos homens as suas ofensas, TAMBÉM vosso Pai celeste vos perdoará; SE, porém, NÃO PERDOARDES AOS HOMENS [as suas ofensas], TAMPOUCO vosso Pai vos perdoará as VOSSAS OFENSAS." (Mt. 6:14-15). 

Façamos sempre uma autoanálise. Se não consegue perdoar, peça ao SENHOR, Ele, através do seu Santo Espírito, te ajudará a vencer o ódio, e assim, você poderá liberá o perdão. O ato de perdoar, não está restrito apenas entre nós, cristãos, mas sim, aos homens. Jesus nos ensina: "perdoar aos homens", isso significa, sejam eles cristãos ou não. 

Que o Santo de Israel, o Todo Poderoso, vos abençoe em tudo. Em nome de Jesus! Amem!! 

quarta-feira, 13 de maio de 2015

"A pecadora"

A paz do SENHOR leitores!!
 
O texto de hoje nos trás três personagens muito importante: Jesus, o convidado; o fariseu, o dono do jantar e a pecadora, a intrusa.
 
Vamos ao texto:
"Convidou-o um dos fariseus para que fosse jantar com ele. Jesus, entrando na casa do fariseu, tomou lugar à mesa. E eis que uma mulher da cidade, PECADORA, sabendo que ele estava à mesa do fariseu, levou um vaso de alabastro com unguento; e, estando por detrás, aos seus pés, chorando, regava-os com suas lágrimas e os enxugava com os próprios cabelos; e beijava-lhes os pés e os ungia com o unguento." (Lc. 7:36-38)
 
Ela fica sabendo que o Mestre está à mesa. Embora não tenha sido convidada, ela queria apenas expressar um gesto de humildade, lavar os pés do Salvador. Entra em cena tentando não ser percebida, mas como não ser, era uma PECADORA. "É interessante isso, para algumas pessoas, não importa se você acerte, não conseguem enxergar que você está tentando vencer o pecado todos os dias, não conseguem perceber que você terminou o dia sem ceder à tentação, mas se erra/pecar, ENXERGAM DE LONGE, e dizem: Você pecou". Lindo a sua estratégia - foi por detrás, e com suas lágrimas, regava-lhe os pés. "O que levaria uma pessoa a cometer um ato tão dígno e humilde como este? Ela cria que Ele era o Messias. Ela não suportava mais o seu estado de pecados e pecados. O seu choro, foi de desabafo". Jesus conhece o nosso coração. Ele viu que o que ela fazia não era algo para querer APARECER, SER VISTA COMO - A MULHER QUE LAVOU OS PÉS DE JESUS. Para ela, não importava o que os outros iriam dizer, pensar, apenas, ela queria expressar o desejo do seu coração - lavar os pés do SALVADOR e com os seus cabelos, os enxugar. Ela, não se incomodou com os olhares de reprovação, mas apenas, persistia em cumprir com o seu objetivo.
 
"Ao ver isto, o fariseu que o convidara disse consigo mesmo: Se este fora profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que lhe tocou, porque é PECADORA." (v:39)
 
O comportamento do fariseu revela: (a) ele via Jesus apenas como "mais um profeta"; (b) não reconhecia Jesus como o Filho de Deus, o Messias. "Podemos acreditar que se fosse uma pessoas influente, independente de ser pecador, não agiria dessa maneira, pois ele não via, que todos nós somos pecadores. A atitude do fariseu foi de - DISCRIMINAÇÃO. Quantas vezes não agimos como "fariseu"? Ele se achava no direito de julgar a mulher porque acreditava NÃO ter pecados, quando na verdade, era igual a ela. Ele, pensava que Jesus iria fazer o que ele estava querendo fazer - ESPULSAR a mulher, ainda mais, jogando em sua face o seu pecado. Nós muitas vezes agimos assim - rejeitamos o nosso irmão porque "pecou". Pecou, agora pague o preço, é isso que muitos dizem. Quando nos comportamos dessa maneira, não passamos de FARISEUS.
 
"Dirigiu-se Jesus ao FARISEU e lhe disse: Simão, uma coisa tenho a dizer-te. Ele respondeu: Dize-a, Mestre. Certo credo tinha dois devedores: um lhe devia quinhetos denários, e o outro, cinquenta. Não tendo nenhum dos dois com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Qual deles, portanto, o amará mais? Respondeu-lhe Simão: Suponho que aquele a quem MAIS perdoou. Replicou-lhe Jesus: Julgaste bem." (vv. 40-43)
 
Observemos que o fariseu não falou em voz alta, mas apenas, para si mesmo. Vemos o poder do Mestre, pois viu o pensamento do homem e, lhe apresenta uma situação: dois devedores. O fariseu analisa a situaçãos apresentada por Jesus, e dá o seu parecar: "suponho que aquele a quem mais perdoou". No caso apresentado pelo Mestre, tinha duas pessoas, uma devia mais e outra menos, ao serem perdoados, quem iria amar mais o credor? Obviamente, o que devia MAIS. Podemos entender que: o que devia menos, era o fariseu, já que se achava tão santo; e o que devia mais, a mulher pecadora. "A questão não é quem deve mais ou menos, mas sim, o Perdão. Não existe pecadinho nem pecadão, existe PECADO, e é, Jesus Cristo, o Filho de Deus, que PERDOA os nossos pecados. Logo, podemos crer que, todo o pecado, contra Deus, é Ele quem perdoa. Meu caro leitor, estamos sujeitos ao erro, por falta de vigilância, de oração, de estudo e aplicação da Palavra de Deus, mas se pecamos, temos um advogado, Jesus, o Justo. Mas... O perdão de Deus é alcançado, quando nos ARREPENDEMOS DO PECADO, CONFESSAMOS-O, ABANDONAMOS-O, então, a misericordia do SENHOR, recairá sobre nós.
 
"E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; mas esta regou-me os pés com lágrimas, e os enxugou com os cabelos de sua cabeça. Não me deste ósculo, mas esta, desde que entrou, não tem cessado de me beijar os pés. Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta ungiu-me os pés com ungüento. Por isso te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco é perdoado pouco ama." (Lc. 7:44-47)
 
Jesus dá uma pausa na sua fala com o fariseu, e volta-se para a mulher. Olhando para a mulher, o Mestre fala com Simão, o fariseu: "Vês tu esta mulher?" Ele anda não imaginava que Jesus sabia que aquela era uma pecadora. Jesus "põe", de um lado a PECADORA e do outro, o FARISEU, e de uma maneira linda e especial que só Ele sabe fazer, aponta a ele a atitude da mulher e, a sua atitude. A casa era de Simão, mas ele não atentou para o "ritual" que é feito quando o convidado chega na casa da pessoa que convidou. Enquanto ele, não deu água para o mestre lavar os pés, a mulher, com humildade e amor, lavou os pés do Salvador e enxugou-os com seus cabelos. Enquanto, ele não deu o ósculo, a mulher, não parava de beijar os pés do SENHOR. Enquanto ele, não ungiu a CABEÇA do Mestre com o óleo, ela ungia os seus PÉS com unguento. Então... O Mestre lhe esplica o que dizia com a "situação do credor que perdoou": "Por isso te digo que seus MUITOS pecados lhe serão perdoados, porque MUITO AMOU(...)". "Imagine a cara do fariseu, aquela cara de que Jesus sabia que a mulher era pecadora. (rsrsrs) Glória ao SENHOR!! Vou dizer uma coisa: muitos vão ficar perplexos com as pessoas que Deus vai tirar da escravidão do pecado. Não tenho dúvidas disso, pois muitos tem agido como "esse fariseu", olha e diz: isso aí é um pecador; um viciado; bandido. Ei, se Deus perdoou os meus muitos pecados e os teus, também tem poder para perdoar o de quem for que seja.
 
"E disse-lhe a ela: Os teus pecados te são perdoados. E os que estavam à mesa começaram a dizer entre si: Quem é este, que até perdoa pecados? E disse à mulher: A tua fé te salvou; vai-te em paz." (Lc. vv 7:48-50)
 
Olhando para a mulher, Ele fala o que ela muito necessitava ouvir: "Os teus pecados te são perdoados". Oh Glória! Prestemos atenção: os que estavam à mesa, não apenas pensavam, mas falavam entre eles - "Quem é este, que ATÉ perdoa pecados?" Enquanto comentavam entre eles, Jesus continuava falando com a mulher. Na despedida, ela ouve do Mestre: "A tua fé te salvou; vai-te em paz." Ela alcançou o MILAGRE DA SALVAÇÃO, porque teve fé. Se ela tivesse agido sem fé, não teria resultado. Mas, pela fé, a fé no Filho de Deus, ela foi PERDOADA DOS SEUS MUITOS PECADOS.
 
Concluo: Não basta apenas ter atitudes, se a fé não existir no coração. Tenho o costume de dizer: não adianta lutarmos se não acreditarmos que podemoos vencer. Ela fou ousada, mas o que a levou a agir foi o fato de crer no Messias. Que o SENHOR, em Jesus, o Seu Filho, vos abençoe sempre!!
 
Um abraço e até a próxima, se Deus quiser!! =)


"COMO ÁRVORE PLANTADA"

A paz do SENHOR, querido leitor!
 
"Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. ANTES, o seu PRAZER está na LEI do SENHOR, e na sua Lei medita de dia e de noite. Ele é como árvore PLANTADA junto a corrente de águas, que no devido tempo, dá fruto, e cuja folhagem não murcha; e TUDO QUANTO FIZER SERÁ BEM SUCEDIDO." (Sl. 1:1-3)
 
No texto de hoje, vamos meditar um pouco a cerca da vida do justo. Há uma imensa diferença entre o justo e o ímpio. O salmista inicia este salmo, dizendo: "Bem-aventurado o homem", ou seja, feliz o homem que:
1. Não anda no CONSELHO dos ímpios - Uma pessoa que vive impiamente o seu caminho, teria algum bom conselho? Não! Então, tenha cuidado com os conselhos que você anda ouvindo.
2. Não se DETÉM no caminho dos pecadores - Feliz é o homem que não "se paralisa" no caminho dos pecadores. Qual o caminho do pecador? VIVER PRATICANDO O PECADO. Nós, cristãos, somos pecadores lavados e remidos no sangue de Jesus, porém, isso não significa dizer que, POSSO VIVER NA PRÉTICA DO PECADO, se isso faço, estou no CAMINHO DOS PECADORES.
3. Nem se assenta na roda dos escarnecedores - Segundo o dic. português, escarnecer significa, ZOMBAR DE OUTRA - O salmista diz: Bem-aventurado o homem que não se assenta na roda dos "ZOMBADORES". Muitas vezes nos comportammos assim, como escarnecedores, pois quando nos assentamos e passamos a ZOMBAR de outro/a, estamos fazendo o papel de escarnecedores, logo, NÃO SOMOS BEM-AVENTURADOS.
Ao invés de tudo isso, ele, o "BEM-AVENTURADO'", tem:
1. O seu prazer está na Lei do SENHOR - Ele se sente satisfeito com a Lei de Deus. Busca agradar o coração do Pai e, cumprir os Seus estatutos. Ele, se sente feliz em obedecer ao SENHOR.
2. Na Lei do SENHOR, medita de dia e de noite - Este foi o conselho de Deus para Josué, (Josué 1.1-9). O homem que busca meditar na lei do SENHOR, ele é feliz, tem bons pensamentos, propósitos, palavras sadias, etc.
3. É como uma árvore plantada junto a corrente de águas - O homem que busca fazer a vontade de Deus vive bem. Ele não está isento de passar aflições, mas permanece firme. No tempo certo, dá fruto, as folhas não murcha; e TUDO o quanto ele faz será bem sucedido.
 
O caminho do justo é diferente do caminho do ímpio. O justo, tem o seu prazer na Lei do SENHOR, o ímpio, não. O justo, medita na Lei do SENHOR, o ímpio, não. Você pode olhar e dizer: "irmão, eu busco o bedecer a Deus, mas minha situação vai de mal à pior". Caro leitor, amigo, irmão, o FRUTO É NO TEMPO CERTO. Não podemos buscar agradar a Deus por INTERESSE, mas sim, por PRAZER. Quando não temos atitudes ímpia e, temos a ALEGRIA na Lei de Deus e buscamos meditar/aplicar a Lei do nosso Deus, na nossa vida, TUDO O QUANTO FIZERMOS SERÁ PRÓSPERO.
 
 
Que o SENHOR, em Seu Filho Jesus, lhes abençoe sempre!!
 
Um abraço... Fiquem com Deus!! Até a próxima, se Deus quizer!

domingo, 10 de maio de 2015

"CARTA À IGREJA DO SÉCULO XXI"

A paz do SENHOR à todos! Em nome de Jesus, O Esperado das Nações, peço ao Eterno e Soberano Deus, que ilumine o nosso entendimento para compreendermos o que nos diz a sua Poderosa Palavra.
Leiamos:
"E ele lhes respondeu: Vede que ninguém vos engane. Porque virão muitos em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo, e enganarão a muitos." (Mt. 24:4-5)
Você pode está se perguntando O PORQUE desse tema. Por esses dias venho buscando entender, à luz da Palavra de Deus, os acontecimentos que, não apenas atuais, mas alguns que ocorreram no decorrer dos tempos. Quando lemos Gn. 3:1-14, vemos Satanás enganando a mulher. Enganar é um dos principais objetivos do malígno. Aprendemos, desde a nossa infância, que desobedecer é errado, porém mais que errado, a desobediência é pecado. E foi por esse caminho que Satanás levou a Eva e Adão. Vejamos o diálogo entre a serpente e Eva: "(...) É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?", perguntou a serpente (Gn.3:1). Porém, atentemos para a sua pergunta: "(...) Não comereis de toda árvore do jardim?" Ela estava SONDANDO, buscando saber o que o Criador havia determinado à Adão e a Eva. O Criador tinha posto LIMITES no jardim. Havia uma "REGRA": NÃO COMER NEM TOCAR NA ÁRVORE QUE ESTAVA NO MEIO DO JARDIM. Ao ultrapassar o LIMITE dado pelo SENHOR, haveria uma CONSEQUÊNCIA - MORTE. Insiste a serpente, o Diabo: "Certo que não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal". Olhando bem, o que ganharia a mulher, se tornando conhecedora do bem e do mal? NADA! Mas foi e fez. Após tudo, veio as consequências, cada um recebeu a sua sentença. Diante de tudo isso, acredito, que o malígno ficou feliz, pois havia conseguido destruir aquela armonia, a comunhão entre Deus e homem. Ele imagina, creio, que como havia levado a "coroa" da criação de Deus, pecar contra o Criador, estava tudo acabado. Mas... Glória ao SENHOR! O Eterno, segundo a sua misericórdia, faz A promessa: "Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar." (Gn. 3:15). Após levar à queda, Adão e Eva, Satanás OUVE claramente a Voz do Eterno, o Criador, PROFETIZANDO a sua DERROTA. Por isso, com o passar dos tempos, das eras, ele veio fazendo de tudo para que não se CUMPRISSE o que ele ouviu da BOCA DE DEUS. Em toda a história, vemos nos Escritos Sagrados, o malígno tentado impedir o cumprimento DA PROFECIA. Encontramos registrados, na Palavra de Deus, homens que Deus levantou para fazer a sua vontade, e sempre, o inimigo fazia uma coisa e outra, pensando ser um deles O PROMETIDO de Deus. Ele sabia que mais cedo ou mais tarde, a PROFECIA se cumpriria. Viria o DESCENDENTE DA MULHER.. O SENHOR começou a falar a cerca do "DESCENDENTE DA MULHER", para o seu povo, Israel. As Profecias se tornaram mais frequentes. Quando reflito na atitude de Hama, em destruir a todos os judeus, vejo o dedo do malígno, para tentar frustar o plano do SENHOR. Mas, Deus, que É, o EU SOU, intervém no plano maléfico de Hama, pois por ser Ele, Oniciente, sabia que um plano perverso, surgiria, então pôs Hadassa no palácio do rei Assuero. Houve um período de 400 anos, onde Deus não falava mais ao povo de forma direta, como sempre falava através dos profetas, mas sempre esteve cuidando do seu povo. Um certo dia, estava o seu servo Zacarias, que no tempo de Herodes, rei da Judeia, servia ao SENHOR como sacerdote, este estava no templo, e recebe a visita de um anjo do SENHOR, o qual trás uma notícia - você e Isabel serão pais, e o nome do menino será João, a missão dele é CONVERTER MUITOS DOS FILHOS DE ISRAEL AO SENHOR (Lc. 1:5-19). No sexto mês, foi o anjo Gabriel, até Nazaré, e falou com Maria: Conceberás e darás à luz a um filho, a quem chamarás pelo nome de Jesus. Ele será chamado Filho do Altíssimo; Deus lhe dará o trono de Davi seu pai. Jesus nasce. Imagino que assim como a Jó, Satanás observava a Jesus. Ele via que Jesus era diferente, pois crescia Ele e se fortalecia enchendo-se de sabedoria; e a graça de Deus estava sobre Ele (Lc. 2.1-40). Satanás ouve o testemunho de João Batista - "EIS O CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO". Ao ouvir esse testemunho, ele planeja tentar a Jesus. O Messias, cheio do Espírito Santo, ao voltar do Jordão, foi guiado pelo mesmo Espírito, no deserto. Durante 40 dias, sendo tentado pelo Diabo. Durante esses dias, na comeu, então teve fome. Satanás olha e diz: "agora derrubo Ele. Assim como fiz com Eva, enganando-a, seduzindo-a, vou fazer com Ele. Começa TENTAR A JESUS. Para a sua TRISTEZA, Jesus não CAI EM SUAS PALAVRAS SUTIS, EM SUAS PROMESSAS. Voltando do deserto, o Mestre inicia o seu ministério, que perdurou 3 anos. Milagres, maravilhas, libertações. Vidas transformadas pelo Seu Poder. Famílias restituidas. Diante de toda a caminhada de Jesus, o malígno se convence de que Ele, JESUS, era o Filho de Deus. Começa-se as perseguições. Buscam fazer de tudo para prendê-Lo. Se passam os dias, e se intensifica as perseguições ao Salvador. Então... É chegada a hora de conversar com os seus discípulo. No SERMÃO PROFÉTICO, Mt. 24:1-51, vemos as orientações do Mestre aos seus servos. O meu objetivo com esta carta é, CHAMAR A TUA ATENÇÃO para ESTA realidade - NÃO SE DEIXE ENGANAR. Há, não de agora, muitos se fazendo Cristo, enganado a muitos. Não pense que Essa profecia de Jesus, ainda vai se cumprir, pois ela já se cumpriu e continua se cumprindo, pois muitos se levantarm em nome do SENHOR JESUS, mas não passaram de ENGANADORES, e hoje, continuam se levantando, em nome de Jesus, porém não passam de ENGANADORES. Temos visto os SINAIS que antecedem a volta do SENHOR JESUS, mas antes, muitas coisas ao de acontecer, e muitas já aconteceram, e outras já ESTÃO ACONTECENDO. Nunca foi e nem será tempo de brincar de ser crentes. Vejamos o que Jesus disse: "Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo, e ENGANARAM A MUITOS. Muitos já tem sido ENGANADOS.
Não quer ser enganado? Busque conhecer à Deus. Estude a Palavra do SENHOR. Analise cada texto. Faça prova, se o seu líder é de Deus ou não. Muitos tem se feito PASTORES, e tem enganado o povo. levando as "ovelhas do SENHOR" para o matadouro. Pregando um fácil evangelho. Evangelho esse, que não tem renuncia, não tem cruz, não tem santificação. Buscam é sugar, ROUBAR os fieis, que CEGOS, não fazem prova de Deus. Precisamos ter cuidado, pois muitos líderes, que si dezem CRISTÃOS, estão convertendo a verdade de Deus em mentira. O que a bíblia diz que é pecado, muitos tem pregado que é coisa do passado. O nosso contexto é outro. DIVÓRCIO? Deus ODEIA, mas muitos pastores tem ACEITADO, e ainda vem, e realiza o SEGUNDO CASAMENTO, dizendo: Jesus disse que se houver adultério, a parte traída pode casar de novo. MENTIRA DO DIABO! Do Diábo não; dele mesmo. Jesus nunca pregou isso. Paulo fala acerca da possibilidade de um segundo casamento, mas isso, só se a pessoa que for casar for VIÚVA(O). é A ÚNICA POSSIBILIDADE, fora isso, é adultério. E a idolatria? Isso mesmo, também está no meio da igreja! A igreja comete o mesmo erro que um dia, o povo de Israel cometeu. ACORDEMOS... VAMOS REMOVER ESSES ALTARES QUE ESTÁ NO MEIO DA IGREJA. Tem muitos hoje que não querem pregar sobre "os pecados da Igreja", porque não quer desagradar ao povo. Não quer perder a amizade; os dízimistas. Não é com as "almas" que muitos se preocupam, mas sim, com o LUCRAR. Nosso meio, há LOBOS em peles de cordeiros. E muitos de nós, estamos sem enxergar, porquê? Porque não quer ver! Cadê os "profetas" da nossa geração? Subamos ao Carmelo e desafiemos os profetas de Baal que está em nosso meio para DESVIAR as ovelhas do SENHOR. Saia dessa CAVERNA, o teu MINISTÉRIO NÃO ACABOU, há muitos que não tem se RENDIDO aos presentes de Jezabel. CONFIEMOS NO SENHOR, QUEM NOS CHAMOU PARA SUA SEARA. Não tenhamos medo, se sofremos pela OBRA DO SENHOR, por amor ao Seu Nome, bom é. Enquanto estamos aqui, vamos por fogo na seara dos filisteus e, vamos ó Igreja do SENHOR JESUS, avencemos contra as portas do inferno, pois estamos edificados em Cristo e por Cristo, por essa razão, elas, as portas, não prevalecerão. Em nome de Jesus!!

quinta-feira, 7 de maio de 2015

"Vivendo o Milagre de Deus em Tempos de Crise"


A paz do SENHOR à todos!!
 
 
"Porque assim diz o SENHOR, Deus de Israel: A farinha da tua panela NÃO se acabará, e o azeite da tua botija NÃO faltará, ATÉ ao dia em que o SENHOR fizer chover sobre a terra. Foi ela e fez segundo a palavra de Elias; assim, comeu ele, ela e a sua casa muitos dias." (1Rs 17:14-15).
 

 

No texto de hoje vamos ver um pouco sobre - a fé da viúva de Sarepta. "A cidade localizava-se a aproximadamente 13km ao sul de Sidom, ao longo da costa mediterrânea, na estrada para Tiro. Nessa terra idólatra, Deus tinha alguém que precisava ver o seu poder e glória. Deus estava atento às necessidades e aflições de uma viúva pobre. Ele enviou Elias para fortalecer-lhe a fé e trazer-lhe bênçãos materiais no momento em que ela julgava que tudo estava perdido (v. 12). A fé que essa viúva tinha em Deus e na sua palavra, através do profeta Elias, levou-a a permutar o certo pelo incerto, e o visível pelo invisível (vv. 10-16; cf. Hb 11.27). A viúva crente recebeu do profeta de Deus, não somente uma bênção material, como também uma bênção espiritual". O profeta fez um "pedido", FAZ PRIMEIRO PARA MIM, esse foi o pedido, e a viúva atendeu. É imortante ressaltar que:
1. Ela creu - "Foi ela e fez segundo a palavra de Elias" - No momento em que ela recebe a palavra, não tinha nada que lhe desse segurança, ou seja, não havia nada concreto para que ela pudesse crer na palavra do homem de Deus, mesmo assim, creu.
2. A crise já durava meses - Mesmo diante do tempo de ascassez, ela ficou "confiante" com a presença do profeta. Não importa quanto tempo faz "dessa crise", essa que você vive, o importante é que você CREIA na palavra de Deus.
3. A providência tinha um tempo determinado - "Até ao dia em que o SENHOR fizer chover sobre a terra." - Enquanto não vinha a chuva de Deus, a mulher, sua casa e o profeta, viveram da providência de Deus. Assim como a viúva de Sarepta, vemos a viúva de 2Rs 4:1-7 - a mesma acreditou no conselho do profeta Eliseu, e obedeceu, indo pedir vasos emprestados, fechado a porta sobre ela e seus dois filhos e derramado o AZEITE nos vasos. Foi, vendeu o azeite, pagou a dívida e viveu do resto. O mesmo SENHOR, agiu na vida da viúva de Sarepta, MULTIPLICOU o azeite e a farinha, podendo ela, junto com sua casa e o profeta, se alimentar por muitos dias. Acredite, essa providência é apenas por um certo período, pois o SENHOR fará vir A CHUVA sobre a TUA TERRA, e quando ela chegar, você vai poder plantar e colher, em outras palavras, VOCÊ VAI COMER DO FRUTO DA TUA TERRA, graças ao Eterno e Soberano Deus.
 
Um conselho:
Independente de qualquer crise, CREIA NO SENHOR! Querendo Ele operar, quem pode O impedir? Deus tinha reservado uma benção para aquela mulher, embora ele pertencesse a território idólatra, podemos PERCEBER a bondade e misericórdia do SENHOR. Você pode até está no meio de ÍMPIOS, creia na Palavra de Deus, pois assim, irás disfrutar das bençãos que o SENHOR tem reservado para ti. Embora pareça tudo está perdido, não existe socorro, DEUS, POR SUA BONDADE E MISERICÓRDIA, TEM PROVIDÊNCIA NESTE TEMPO DE CRISE. CREIA!!
 
Até a próxima... Se Deus quiser!! Um Imenso Abraço!! \0/


segunda-feira, 27 de abril de 2015

"EM COMPANHIA DE DEUS NO DESERTO"

A paz do Eterno Deus, à todos!!
 
"Temendo, pois, Elias, levantou-se, e, para salvar a sua vida, se foi, e chegou a Berseba, que pertence a Judá. e ali deixou o seu moço. Ele mesmo, porém, se foi ao deserto, caminho de um dia, e veio e se assentou debaixo de um zinbro; e pediu para si a morte e disse: Basta; toma agora, ó SENHOR, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais."(1Rs 19:3-4
 
Chega o mensageiro de Jezabel: "Elias, tenho uma mensagem para você! Jezabel, a rainha, manda te dizer que vai te matar, amanhã, neste mesmo horário". Naquele momento, o profeta "não tinha" a quem pedir ajuda, pois a rainha, havia matado, os profetas do SENHOR. Sem ter com quem dividir o seu sofrimento, o homem de Deus, temendo, foge para o deserto. Debaixo de um zimbro, faz uma oração, ele pede para si a morte. Deus ouviu a oração do profeta, todavia, não lhe enviou a resposta desejada.
 
Para entendermos o porque dessa perseguição ao profeta, vamos ao cap. 18.19-40: Elias desafia os profetas de Baal - 450, e de Aserá - 400, no total, 850 profetas, todos contra o homem de Deus. O propósito de Elias, não era de buscar reconhecimentos, honras, presentes, etc., mas sim, "que ficasse sabido que Deus era Deus em Israel. Ele não aceitava o fato de o povo haver abandonado a Deus, o SENHOR. O desafio era, que, o deus que respondesse com fogo, este era Deus. Lançado o desafio. Primeiro, os 850 profetas, e, nada de fogo. A vez de Elias, Deus responde com fogo. Logo, ficou provado mais uma vez, que o SENHOR, é Deus em Israel. Ao fim do desafio, os 850 profetas, foram mortos. Chegando ao palácio, Acabe, faz saber esse fato a Jezabel. Então inicia-se a perseguição ao profeta Elias.  
 
"A sentença, foi expedida - morte! O plano de Jezabel era matar o homem de Deus, mas, é, nas mãos do Todo-Poderoso, que está o CONTROLE de tudo. A sentença era de morte, mas, o autor da história, disse: "Levanta-te e come, porque o caminho te será sobremodo longo." Elias, pediu a morte, o SENHOR, enviou o alimento - Pão cozido em brasas e uma botija de água (vv.5-6). Embora, fisicamente, o profeta estivesse sozinho, o SENHOR estava com ele. Quantas vezes não nos perseguem porque fazemos a vontade do SENHOR. Não importa as ameaças, façamos cumpramos a vontade de Deus. Não importa se lhe dão "nome", como: amostrado, metido, só quer ser. Não importa se NÃO vão aceitar a MENSAGEM, entreque-a, foi Deus quem mandou. Nunca esqueça: você não foi chamado(a) para "agradar" a multidão, mas sim, FAZER A VONTADE DE DEUS. Não se preocupe se tiver que encarar "Jezabel", "Acabe", e os profetas de "Baal e Aserá", tão somente, CUMPRA AS ORDENS DO SENHOR. Deus é contigo! As vezes é necessário sairmos de cena, mas isso, não significa que desistimos, antes, estamos à vista de Deus."
 
 
O teu ministério não vai acabar assim. O SENHOR, tem traçado para a tua vida um LONGO caminho!! Deus, em nome do seu Filho Jesus, continue te usando!! Aleluia!!
 
Ate´mais, se Deus quiser!!   

domingo, 26 de abril de 2015

"O CUIDADO DE DEUS"

A paz do SENHOR à todos!!
Sejam bem vindos a mais um post. Tenha uma ótima leitura!
 
Nos post de hoje vamos meditar numa história maravilhosa, e a mesma revela o CUIDADO de Deus.
 
"Veio-lhe a palavra do SENHOR, dizendo: Retira-te daqui, vai para o lado oriental e esconde-te junto à torrente de Querite, fronteira ao Jordão. Beberás da torrente; e ordenei aos corvos que ali te sustentem. Foi, pois, e fez segundo a palavra do SENHOR; (...)" 1Rs 17:2-5a.
 
 
Vemos em toda a bíblia, relatos a cerca do cuidado de Deus com o seus servos, com o seu povo.
O texto de hoje nos mostra o cuidado do SENHOR com o seu servo Eleias, o tisbita. Após profetizar à Acabe, dizendo que não haveria nem orvalho nem chuva sobre a terra, segundo a sua palavra. Naquele momento, o SENHOR serra/fecha o céu. Não há chuva nem orvalho. Não se sabe com exatidão, o tempo exato em que Deus deu a ordem ao seu servo, para que este fosse para Querite, mas o que se sabe é que Deus, o SENHOR, lhe mandou ir. Diferente de Abrão, que ao receber o chamado de Deus, não sabia para onde ia, e obedeceu; Elias, recebeu a palavra do SENHOR, que lhe disse onde ir, ele obedeceu. Chegando em Querite, Elias foi sustentado por corvos, que sob a ordem do SENHOR, levavam alimento para o homem de Deus. E bebiba o profeta do ribeiro.
 
Quando olho para essa história, muito me alegro, pois vejo o cuidado de Deus com aqules que o obedecem, e buscam honrá-Lo. Elias não foi levado por "uma voz", mas pela Voz de Deus. Deus escolheu o lugar para onde ía enviar o seu servo, e ainda mais, já tinha o "cardápio" pronto e "quem" iria serví-lo. Vemos o PODER DE DEUS, a Sua Grandeza, Soberania. Na ótica humana, impossível corvos alimentar, ainda mais que, quando a fêmea dá cria, abandona os seus filhotes. A bíblia diz que Deus "escolheu as coisas loucas, para confundir as sábias". Deus escolheu uma ave que nem se importa com seus filhstes, para CUIDAR do servo dEle. Glorioso é, sob a ORDEM de Deus. Acredite, o mesmo Deus que cuidou de Elias, não vai te deixar morrer nesta crise. Em meio ao período de seca, fome, "CRISE", O SANTO DE ISRAEL, conservou o seu servo com vida. Não lhe faltou nada. Ele cuidará de ti. Creia. Ande sempre sob a VOZ DE DEUS. Onde Ele te mandar ir, vá. Não O questione, obedeça-O. Fazendo assim, prosperarás onde fores.

 
 O SENHOR, te abençoe sempre, em nome de Jesus!!
Até a próxima, se Deus quiser!
Baiin!! =)

quinta-feira, 23 de abril de 2015

"QUEM DIZEIS QUE EU SOU?"


Graça e Paz à todos!!

Para nossa reflexão: "Mas vós, continuou ele, quem dizeis que eu sou?" Mt 16.15.

No caminho para os lados de Cesareia de Filipe, Jesus interroga os seus discípulos a cerca de "quem dizia o povo ser o Filho do Homem". No tocante a isso, os discípulos respondem: "Uns dizem: João Batista; outros: Elias; e outros: Jeremias ou algum dos profetas."(Mt 16:13-14). Porém... Surge a mesma pergunta, mas numa direção diferente - os discípulos. No mesmo instante, O Mestre lhes pergunta: "Mas vós, continuou ele, quem dizeis que eu sou?". Pedro, disse: "TU ÉS O CRISTO, O FILHO DO DEUS VIVO."(Mt 16:16). Podemos perceber, na afirmação de Jesus, que Pedro falou com CERTEZA, e não foi "carne e sangue" que havia lhe revelado, mas sim, o Pai, que está nos céus. (Mt 16.17). O povo, que muitas vezes viu Jesus fazer milagres e maravilhas, acreditavam ser Ele, não O Profeta, mas sim, "um profeta". O povo não o reconhecia como o "Cristo - Ungido". Olhar para O Mestre e, reconhecê-Lo como O Ungido de Deus, apenas por revelação do Pai, que está nos céus.

Qual a diferença entre "o povo", mencionado por Jesus, e "o povo" do século XXI? Nenhuma! Cresce o número de "convertidos/convencidos", posso assim dizer, que como "o povo", buscam o SENHOR para satisfazer às suas (do povo) vontades/necessidades e, quando o SENHOR repreende suas atitudes, O deixam. O Filho de Deus, tem sido BANALIZADO no nosso meio. Sou mais uma indignada, ao ver o "altar", na Casa do SENHOR, sendo usado como PALCO, para cantores fazerem seus "shows". Pregadores que se vendem, acima de tudo, ainda NEGOCIAM A PALAVRA DEUS. Esse é o povo que sabe quem é O Filho do Homem? Há dois grupos, os que "sabem quem é o Filho do Homem, e os que não sabem". 

Mas... Jesus quer saber de mim e de você -"quem dizeis que eu sou?" "O povo" pode até dizer: "João Batista; outros: Elias; e outros: Jeremias ou algum dos profetas.", mas e VOCÊ? E eu? Como podemos ter a mesma "certeza" de Pedro? Só o Pai, apenas Ele, que esta nos céus, é quem pode nos revelar. Este é um assunto que requer muita atenção, pois muitos tem surgido em nosso meio, pregando um evangelho de facilidades, que oprime, sem cruz, sem renuncia e, esse não é o Evangelho do SENHOR JESUS. 

  
Fica a Pergunta: "Mas vós, continuou ele, quem dizeis que eu sou?"
Que o SENHOR continue nos abençoando!
Até a próxima, se Deus quiser!!

segunda-feira, 13 de abril de 2015

"TOMANDO POSSE DA PROMESSA"

A paz do SENHOR amados!!
 
 
Fico feliz em  poder está vos escrevendo mais post. Graças ao  SENHOR, o ETERNO, estamos por aqui... =)
 
Quero ser direta ---------> TOMANDO POSSE DA HERANÇA! Sob a ordem de Deus, Moisés separa de cada tribo israelita, um homem/príncipe, totalizando 12, para espiarem a terra de Canaã. Chegou o momento, foram! Estiveram espiando a terra durante quarenta dias, após virem a terra, voltaram. Eis o relatório: 1. A terra mana leite e mel; 2. A prova de que a terra era de fato boa - O FRUTO; 3. O povo - PODEROSO; 4. A cidade - GRANDE E FORTIFICADA; 5. Os filhos de Anaque - GIGANTES. Calebe, no entanto, toma a voz e diz: "Eia! Subamos e possuamos a terra, porque, certamente, prevaleceremos contra ela." (Nm 13:30). Os homens que com ele havia subido, expressavam palavras contrárias. Não acritavam que poderiam vencer. Acreditavam eles, que o povo daquela terra, eram mais poderosos. Os dez dos doze que haviam espiado a terra, diante dos filhos de Israel, INFAMARAM a terra que haviam espiado, dizendo: "A terra pelo meio da qual passamos a espiar é terra que devora os seus moradores"(...)"(Nm 13:32).
 
Em poucas palavras: Quem fez a promessa da terra de Canaã, foi DEUS. Não imortava se tinha gigantes, se a cidade era fortificada, FOI O SENHOR QUEM DISSE: "Vou levar vocês para uma terra que mana leite e mel". Ter fé e avançar, é atitude de quem CONFIA no SENHOR. Josué e Calebe, acreditavam na promessa mesmo quando muitos não acreditavam. Os que duvidaram e levaram a muitos aduvidarem também, ficaram de fora da terra. Meus amados, Deus é Fiel para cumprir o que prometeu, porém, precisamos confiar nEle, ainda que as circunstâncias sejam todas contrárias. Pode ter gigante para derrubar, mas quem te prometeu é Fiel meu irmão(ã). Se existe alguém do teu lado duvidando, não dê ouvidos, faça como Calebe e Josué, SUBA E POSSUA A TERRA. TOME POSSE, DEUS É CONTIGO!!
 
Leia Nm 13.
 AINDA QUE TENHA QUE DERRUBAR GIGANTES, VÁ MEU IRMÃO, TOME POSSE DA PROMESSA! FOI DEUS QUEM TE PROMETEU, NÃO DUVIDE! DEUS É CONTIGO!!
 
Até a próxima, se Deus quiser!!
Baiin!!


quarta-feira, 8 de abril de 2015

"EM BUSCA DO SUCESSO"

Paz e Graça amados!!
 
Texto de hoje:
"Confia ao SENHOR as tuas obras, e os teus desígnios serão ESTABELECIDOS." (Prov 16.3)
 
 
O sucesso, é algo que todos nós buscamos, porém, quando alcançado, é preciso termos cuidado, pois se vacilarmos ele pode subir à "cabeça".
O sábrio Salomão, sabia muito bem do que estava falando, pois foi o Eterno Deus, que o elevou diante dos olhos de todos. Tendo a oportunidade de pedir algo ao SENHOR, ele não atentou para as riquezas, mas viu, que, para estar à frente da nação, precisava de SABEDORIA, o que o SENHOR o deu. Salomão foi abençoado por Deus, sim, mas também, cooperou no seu SUCESSO, agindo sabiamente e confiando ao SENHOR tudo.
Não podemos nos julgar auto suficiente, porque se tem uma faculdade, cursos, etc., pois temos a plena consciência, de que sem DEUS somos NADA, e que é a Ele, que pertence todas as coisas. Confiar "ao" SENHOR as nossas obras, sonhos, projetos, significa permitir que Ele analise e realize o melhor. As vezes acreditamos que aquilo que queremos realizar, é o melhor, porém, sempre, o MELHOR será o que Deus tem. Ter sucesso em "algo", de maneira errada, é coisa de quem não tem Deus na vida, mas aqules que O tem, busca crescer de forma honesta e justa. Não queira conseguir fazer tudo sozinho (a), não precisa se preocupar, CONFIA AO SENHOR TUDO, e você verá as coisas acontecerem.
 
 
 
Atenção! "Não permita que o sucesso mude o teu coração, valores e atitudes."
Para os exaltados só tem uma coisa: A HUMILHAÇÃO.
Confiemos unicamente no SENHOR, e façamos a nossa parte.
=)
 
Até a próxima, se Deus quizer!!

segunda-feira, 6 de abril de 2015

"A MISSÃO DA IGREJA"

    

A paz do SENHOR à todos!
 
Me sinto muito feliz em poder está escrevendo este post, ainda mais pelo tema - " A MISSÃO DA IGREJA".
 
Texto de hoje:
"Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os aguardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século." (Mt 28:18-20)   
 
 
Como falei no início, estou feliz por vos escrever, ainda mais por se tratar deste assunto - "a missão da igreja". Por onde tenho passado pregando a palavra do SENHOR, tenho tentado fazer  aminha parte, que é de resgatar o interesse da "igreja" pela busca do Reino de Deus. Não quero generalizar, mas muitos já não dão tanta importância à mensagem: "BUSCAI PRIMEIRAMENTE O REINO DE DEUS". Devido a busca de muitos pelas suas "nessecidades", o foco do Reino de Deus tem ficado em "segundo plano", sem falar que alguns cristãos, já não pensam no assunto como antes. Em parte, nós, ministros do evangelho do SENHOR Jesus Cristo, temos culpa. Embora as multidões que iam em busca do SENHOR Jesus fossem no interesse de receber curas, a mensagem principal, e porque não dizer única, era - "O EVANGELHO DO REINO". Ele curava. Quando vemos Jesus cumprindo o seu ministério, não O vemos, em nehum momento, insentivando as pessoas à: "Dê a sua maior oferta e você receberá em dobro"; "Faça a campanha da prosperidade financeira, e as portas vão se abrir". Cresce o número de líderes com a "Visão da Prosperidade", com isso, também cresce o número de pessoas que aderem essa "visão". Você pode está se perguntando: "O que tem haver toda essas palavras com o Texto Sagrado de hoje?" Você lembra do que está escrito em Mt 4:23? Vejamos: "Percorria Jesus toda a Galileia, ensinando nas sinagogas, PREGANDO O EVANGELHO DO REINO e curando toda sorte de doença e enfermidades entre o povo." Durante os três anos de ministério terreno de Jesus, Ele trabalhou a "desmaterialização" dos discípulos, e os conduzia a não apenas pregarem, mas viverem, a mensagem que Ele mesmo trouxe. Meus amados irmãos, a ordem de Jesus aos discípulos, foi:
 
1. Fazerem discípulos de todas as nações - Por um tempo pensei ser fácil pregar a Palavra de Deus, mas, depois entendi que não é. Para muitos ministros, cada pregação é "mais uma". Alguns não se preocupam se a "igreja" está entendendo a MENSAGEM ou não. Chegam, pregam o que querem, no final, pegam o "pagamento", o que alguns chamam de oferta, e vão embora. Será que os que ficaram entenderam o que o pregador falou? Muitas vezes não. Não é apenas no "meio da igreja" que vemos lobos com peles de ovelhas, nos púlpitos também encontramos, também denominados de FALSOS PROFETAS, mas como identificá-los? Através da própria PALAVRA DE DEUS.
Fazer membros, é algo muito fácil, mas fazer "discípulos" é diferente.  Jesus "conhecia" os discípulos. Você pode dizer: "Claro irmã, Jesus é Deus." Mas era Homem também. Como "homem", precisamos perguntar, observarm, e acompanhar muitas vezes, o problema é que muitos não querem "se envolver tanto". Não basta apenas ganharmos vidas para o Reino de Deus, é preciso muito mais... Veja o segundo (2) ponto.
 
2. Ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado - Além de ganharmos almas para o Reino de Deus, é preciso muito mais, "Ensinar a guardar todas as coisas que o Mestre ordenou". O Mestre não disse: "Obrigue-os a guardar", "Forcem-os a guardar", mas sim, ENSINE-OS A GUARDAR. Vemos diversas formas de como guardar as coisas que o Mestre nos deixou, mas poucos buscam a verdadeira forma - ENSINAR. Tem uns que usam a seguinte forma: "MEDO". Alguns "líderes" usam o "medo" como ferramenta para levar as ovelhas a "se esforçarem" para guardar os ensinamentos do SENHOR Jesus. Seria a ferramenta apropriada? NÃO! Não tem como abrirmos a cabeça das pessoas e fazê-las guardar tudo o que o SENHOR ordenou. Por outro lado, vemos ferramentas que associadas ao ato de "ensinar" podem levar este líder a ter êxito no cumprimento da ordem do SENHOR: paciência, jejum, oração, insistencia, dedicação e precistência. Tem muitos que dizem: "Não vou mais perder meu tempo, quem quiser aprender que corra atrás", e se Jesus fizesse isso? Jesus não desistiu nem de Judas, nem de Pedro, antes os ensinou. Judas fez a sua escolha, mas a fez sabendo. Judas a prendeu com Jesus, porém, não guardou os ensinamentos do Mestre. Então, seja quem for, não desista de ensiná-lo/a.
 
3. Todas as coisas que vos tenho ordenado - Eu vos faço uma pergunta: "QUAIS AS COISAS QUE JESUS ORDENOU AOS DISCÍPULOS?" Sabemos que a mensagem principal era - O REINO DE DEUS, mas havia outras coisas mais. Vemos Jesus ensinando-os a cerca do perdão, o amor a Deus, o amor ao próximo... Será que estamos transmitindo o que o Mestre ordenou? Você, que foi chamado por Deus para ensinar, dirigir o seu povo, tem de fato TRANSMITIDO O QUE O SENHOR JESUS ORDENOU? Ou você tem buscado ensinar a guardar o que você "acha ser" ordenado por Ele? Quantos líderes que buscam "ensinar" as ovelhas a guardarem o que eles querem, e se esquecem do principal, importante, O QUE JESUS ORDENOU. A religiosidade foi uma das ferramentas utilizadas pelos escribas e fariseus, que Jesus foi CONTRA. Mt 23 vemos O Mestre falando contra as "atitudes" dos escribas e fariseus - religiosos da época. Eles (escribas e fariseus) buscavam acrescentar normas e regras além das que já estavam na Lei, coisas que nem eles mesmo "podiam" cumprir. Subjugavam o povo a cumprirem com coisas que, de fato, não tinha respaldo da Lei. Jesus foi contra eles, e não contra a Lei.
 
4. E eis que estou convosco todos os dias - Essa é a nossa segurança. Como ministros do evangelho, não é em nós mesmos que temos que confiar para cumprirmos a missão, é NELE - JESUS. Embora fosse os discípulos a irem pregar, O Mestre os assegura - Estarei convosco todos os dias. É essa segurança que temos que trazer conosco, pois Ele mesmo disse: "Sem mim, nada podeis fazer. Não importa o quão difícil seja fazer discípulos e os ensinar a guardar todas as coisas que o Mestre nos ordena, o importante é que Ele está conosco na REALIZAÇÃO DESTA MISSÃO.
 
Que Deus, em seu Filho Jesus, vos abençoe.
Orarei sempre ao Pai, que nesta tão gloriosa missão, nos ajude a cumprir com a Sua vontade,
em nome de Jesus, amém!
 
Até a próxima, se Deus quizer =)
  

quinta-feira, 26 de março de 2015

"Adoradores que O Pai procura"

Graça e Paz da parte de Deus!!

Texto de hoje:

"Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são esses que o Pai procura para seus adoradores." Jo 4:23

O texto de hoje é para mim um dos mais complexos. Bom, você pode olhar e dizer: "como complexo, se é tão fácil interpretar", será? Vamos meditar um pouco.

O foco deste post não é a mulher samaritana, mas sim, "a busca do Pai pelos Verdadeiros Adoradores". A mulher no diálogo com Jesus, expressa a sua "preocupação" com o lugar/espaço onde o SENHOR tinha que ser adorado. Jesus explica à mulher que estava chegando a hora em que nem no monte, em Samaria e, nem em Jerusalém, o Pai seria adorado. A adoração a DEUS, não se limita a um espaço, a um horário, a adoração ao SENHOR é entregue a todo o tempo. Aprendemos que a adoração é feita quando você está na Casa do SENHOR, e você "abre a boca e dá glórias, aleluia, canta, prega, mas a adoração vai além de tudo isso. Por isso que, A ADORAÇÃO A DEUS NÃO SE LIMITA A ESPAÇO. Jesus disse que "os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade", "em espírito" é o mesmo que "no espírito", logo podemos crer que, não preciso esperar chegar o domingo, para adorarmos a Deus. É importante ESTARMOS NA CASA DE DEUS, para "reunidos e unidos" prestarmos o culto ao SENHOR, e lá, também o adorar "no espírito". Imagine se pudéssemos adorar apenas no templo, o que seria daqueles que estão nos hospitais, enfermos em casa, nas prisões. A diferença não está no "espaço", mas sim, se a adoração está sendo "em espírito e em verdade'. A busca do SENHOR não por "adoradores de aparência", mas sim, por aqueles que "adoram em verdade". Disse Jesus: "Este povo se aproxima de mim com a boca e me honram com seus lábios, mas o coração está longe de mim." (Mt 15:8) Se o coração está longe de Deus, logo as honras que provem dos lábios, NÃO são verdadeiras. 

CONCLUSÃO

O SENHOR não está em busca de "adoração de lábios", mas sim, aquela que procede "no espírito e em verdade". Ele não está preocupado se é no monte, no vale, na fornalha, na cova, no calabouço, se na prisão, na rua, em casa, sozinho/a, em companhia da família, de amigos, o que Deus quer é: QUE VOCÊ E EU, O ADOREMOS "EM/NO ESPÍRITO E EM VERDADE". SÃO ESSES ADORADORES QUE DEUS PROCURA. 


Que o Pai Celestial, os abençoe sempre!!
A paz do SENHOR!! =)  



Divulgar Blog

Divulgar Blogs

Compartilhe Com os Seus Amigos!!

Google+ Badge

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *