quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Restaurando o Altar Quebrado

"Então Elias disse a todo o povo: Chegai-vos a mim. E todo o povo se chegou a ele; e restaurou o altar do SENHOR, que estava quebrado." (1Rs.18:30).

Sob o governo de Acabe, rei de Israel, o "povo" abandona o culto ao Verdadeiro e Único Deus, e passam a servir e adorar a Baal. Era um tempo de extrema IDOLATRIA. Enviado por Deus, o profeta Elias vai ao encontro do rei Acabe, o qual é tido como "PERTURBADOR" de Israel (1Rs18:17e18). O desafio é lançado. Oitocentos profetas são desafiados, quatrocentos e cinquenta de Ball e quatrocentos de Asera. Objetivo, PROVAR quem era realmente Deus, se Ball ou o Senhor. Resposta, O FOGO. Quem respondesse com FOGO, este é que é Deus (1Rs.18:24). Os oitocentos e cinquenta profetas se preparam. Desde amanhã até ao meio dia esses homens clamaram a Baal. Sem resposta. Chega a vez de Elias, o profeta de Deus. É onde entra em questão o versículo chave: "Então Elias disse a todo o povo: Chegai-vos a mim. E todo o povo se chegou a ele; e restaurou o altar do SENHOR, que estava quebrado." (1Rs.18:30). O que preocupa não é o desafio lançado pelo profeta, mas sim, as condições em que estava o Altar do Senhor - QUEBRADO. Naquele momento o que era ESSENCIAL era o Altar, pois não havia condições de o nome do Senhor ser glorificado, nas condições em que o Lugar (o Altar) do sacrifício estava. O profeta poderia até improvisar, oferecer o sacrifício em qualquer lugar, de qualquer jeito, mas, ele não o fez. Ele de imediato concertou/reparou o altar para assim efetuar o desafio proposto. Diferente de Baal, Deus provou que é Deus. O FOGO do céu consumiu o holocausto e todo o povo com o rosto em terra disse: "O Senhor é Deus! O Senhor é Deus! (1Rs.18:39).

Fazendo uma Reflexão no texto acima, podemos entender que: Para Deus responder o nosso clamor o Altar precisa está erguido, em ótimo estado. O Altar do Senhor é cada um de nós. Por está razão, é necessário analisarmos as condições da nossa vida, antes de queremos "exigir" ou "cobrar" algo da parte de Deus. Sei que os termos "exigir e cobrar" são fortes, mas é isso que muitos tem feito, querem que Deus os atenda, que o Senhor faça, quando muitas vezes não estão preparados para receber. Existe o fator TEMPO, porém, nem sempre a questão é ele, mas sim NÓS.

Que o Senhor em Cristo continue vos abençoando!
Na Graça do Pai...
Cristiane Correia =)  

Nenhum comentário:

Postar um comentário